Pesquisa em Comunicação

Instrumentos de coleta de dados para pesquisas quantitativas

Os procedimentos mais comuns para a coleta de dados em pesquisas quantitativas são os QUESTIONÁRIOS e FORMULÁRIOS. Entenda a diferença.

Publicado em: 18 de mar. de 2019
Atualizado em: 02 de jul. de 2021

Os procedimentos mais comuns para a coleta de dados em pesquisas quantitativas são os QUESTIONÁRIOS e FORMULÁRIOS.

Ambos são formados por um conjunto de perguntas preferencialmente com respostas fechadas, em que o participante deve escolher entre uma das alternativas de resposta apresentadas. A diferença metodológica entre os dois processos consiste no seguinte:

Questionários

São entregues aos participantes da pesquisa para que eles mesmos leiam as questões e assinalem suas respostas. Neste caso é fundamental que a redação das questões evite ao máximo a possibilidade de dupla interpretação e deixem bem claro quantas alternativas se pode assinalar em cada uma.

Formulários

Permanecem nas mãos do pesquisador, que faz as perguntas oralmente e assinala aquela alternativa que mais se aproxima da resposta dada pelo participante. Neste caso é possível colocar junto das questões algumas orientações técnicas sobre como o formulário deve ser preenchido.

Como citar:
MARI JR. Sergio. Instrumentos de coleta de dados para pesquisas quantitativas. Infonauta, 2019. Disponível em: <https://infonauta.com.br/pesquisa-em-comunicacao/instrumentos-de-coleta-de-dados-para-pesquisas-quantitativas>. Acesso em: 05 de ago. de 2021.

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.