Fundamentos de Marketing

Os 5 As do Marketing 4.0

Os 5 As correspondem à trajetória de convencimento dos consumidores percorridas pelas marcas. Elas primeiro precisam conseguir sua assimilação, depois a atração. Devem permitir a arguição e se tudo correr bem conseguirão a ação. Por fim, espera-se que o cliente se transforme em um advogado da marca.

Publicado em: 17 de fev. de 2020
Atualizado em: 26 de jul. de 2021

Há um conhecido e bastante tradicional (ou antigo) modelo de entendimento do comportamento do consumidor em relação a uma marca, chamado de AIDA.

De acordo com esse modelo, o consumidor percorre quatro etapas, frequentemente representadas na forma de um funil, desde o momento que toma conhecimento de uma marca até a compra de um produto.

AIDA são as iniciais do que acontece em cada uma dessas quatro etapas:

  1. Atenção: quando o consumidor é impactado por algum estímulo da marca, como uma propaganda, por exemplo;
  2. Interesse: quando esse estímulo é relevante para o consumidor ele passa procurar mais informações a respeito;
  3. Desejo: quando o consumidor se convence de que a marca tem a melhor oferta e passa a desejar seu produto;
  4. Ação: quando o consumidor efetiva o aceite da oferta, adquirindo o produto.

Durante muito tempo essa abordagem foi suficiente para se compreender e acompanhar o caminho de conversão de uma pessoa em um consumidor de uma marca. Porém, com o advendo das mídias digitais e das redes sociais, essa dinâmica mudou e é necessária a adoção de um modelo mais profundo.

O caminho do consumidor ao longo dos 5 As

No livro Marketing 4.0, Kotler, Kartajaya e Setiawan apresentam o modelo dos 5 As, que foi pensado para dar conta da nova dinâmica de relacionamento entre marcas e consumidores, sob influência das novas mídias digitais.

De acordo com essa perspectiva o consumidor percorre 5 etapas em seu relacionamento com as marcas:

  1. Assimiação: o consumidor primeiro precisa tomar conhecimento da existência de uma marca e suas ofertas. Isso acontece por meio de propaganda ou da indicação de outras pessoas;
  2. Atração: entre as diversas marcas e ofertas que assimilou, o consumidor se sente atraído por algumas delas, para as quais passa a dedicar mais atenção e emoção;
  3. Arquição: a principal mudança provocada pelo surgimento das novas mídias digitais é a possibilidade de arguição. Agora o consumidor pode (e deseja) questionar a marca exaustivamente sobre suas ofertas, tirando todas as suas dúvidas e esclarecendo todos os pontos que possam estar obscuros nas ofetas antes de realizar a compra;
  4. Ação: tendo superado a fase de arguição o consumidor parte para a aquisição e o uso do produto ofertado;
  5. Apologia: se tiver uma boa expriência das etapas anteriores de modo consistente, o consumidor tente a se tornar um advogado da marca, indicando-a e defendendo-a para seus pares.

Veja na imagem abaixo como os autores apresentam a condição do consumidor em cada uma das etapas dos 5 As:

5 As do Marketing 4.0

Referência

KOTLER, Philip; KARTAJAYA, Hermawan; SETIAWAN, Iwan. Marketing 4.0: do tradicional ao digital. Rio de Janeiro: Sextante, 2017

Como citar:
MARI JR. Sergio. Os 5 As do Marketing 4.0. Infonauta, 2020. Disponível em: <https://infonauta.com.br/fundamentos-de-marketing/os-5-as-do-marketing-40>. Acesso em: 05 de ago. de 2021.

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.