Ferramentas de Análise e Gestão Estratégica

Os 4 Rs das Relações Públicas

Proposta por Manoel Marcondes Neto, essa metodologia consistem em analisar as demandas de Relações Públicas de uma organização em quatro frentes: Reconhecimento, Relacionamento, Relevância e Reputação.

Publicado em: 10 de fev. de 2016
Atualizado em: 14 de jul. de 2021

Marcondes Neto (2012), apresenta uma proposta metodológica capaz de identificar em que estágio a organização se encontra na construção estratégica de sua identidade e reputação. Sua metodologia, batizada de “Os 4 ‘R’s das Relações Públicas” relaciona ferramentas e estratégias de comunicação que devem ser exploradas conforme a organização alcança maturidade institucional e solidifica os aspectos de sua identidade corporativa.

4 Rs das Relações Públicas

Reconhecimento

De acordo com essa perspectiva, a primeira necessidade de comunicação da organização é o Reconhecimento. Nesse estágio a organização desempenha suas primeiras ações comunicativas, como por exemplo, a escolha do nome, do logotipo, das cores que irão representá-la no mercado. Trata-se de seu esforço para se diferenciar simbolicamente das demais organizações e de estabelecer símbolos exclusivos, que lhes confiram uma identidade única. Unem-se a esse esforço as ações de gerenciamento da marca (branding), desempenhadas pela organização com o objetivo de manter um determinado padrão no discurso e na apresentação visual como forma de agregar valor à marca, tornando-a cada vez mais capaz de representar por si só os valores componentes da identidade da organização.

Relacionamento

No segundo estágio a organização já reconhecida passa a sentir a necessidade de Relacionamento, ou seja, de manutenção de um diálogo construtivo e esclarecedor com seus públicos. Nesse estágio a organização precisa lançar mão de estratégias como comunicação interna e atendimento ao público. Trata-se de um momento bastante delicado para a identidade da organização, pois é quando ela é posta a prova. Os valores anunciados por ela no estágio de reconhecimento agora são questionados  por seus públicos que querem se certificar da veracidade dos discursos.

Relevância

Tendo conquistado o reconhecimento e estabelecido estratégias de relacionamento, a organização passa, no terceiro estágio, a lutar para manter sua Relevância. Isso significa que a organização precisa constantemente monitorar os efeitos das escolhas estratégicas que fez na construção de sua identidade e certificar-se de que essas escolhas ainda são capazes de destacá-la ante a seus competidores. Manter-se relevante implica em identificar novos interesses em seus públicos e implementar mudanças coerentes no sentido de atendê-los. Isso é possível por meio de estratégia como pesquisas de opinião pública, que permitem identificar novos padrões de comportamento, e por meio do envolvimento da organização com atividades culturais, esportivas e sociais, que são capazes de aproximá-la de seus públicos.

Reputação

Por fim, a organização passa a gerenciar sua Reputação, colocando em prática seus programas de cidadania corporativa e mantendo-se em prontidão para reagir em casos de crises e mal entendidos públicos. O objetivo nessa etapa é garantir que nenhum incidente ou fator externo venha a prejudicar a compreensão e a aceitação de sua identidade por seus públicos.

Referência

MARCONDES NETO, Manoel. A transparência é a alma do negócio. Rio de Janeiro: Conceito Editorial. 2012.

Como citar:
MARI JR. Sergio. Os 4 Rs das Relações Públicas. Infonauta, 2016. Disponível em: <https://infonauta.com.br/ferramentas-de-analise-e-gestao-estrategica/os-4-rs-das-relacoes-publicas>. Acesso em: 05 de ago. de 2021.

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.