infoNauta

O que é e como definir a Visão Estratégica de um negócio

Publicado em: 4/8/2020
Atualizado em em: 04/08/2020

Por: Sergio Mari Jr.

Comentários: 0

O que é a Visão Estratégica?

Assim como o Core Business e a Missão, a Visão Estratégica é um dispositivo utilizado para tornar públicas algumas decisões estratégicas da organização.

No caso específico da Visão, a informação que ela quer comunicar é: para onde a organização está indo.

Visão é um modelo mental de um estado ou situação altamente desejável, de uma realidade futura possível para  organização (COSTA, 2007)

Chamamos esse dispositivo de Visão, pois ele representa como a organização se vê no futuro. É a definição de seu futuro ideal ou do cenário que ela irá perseguir em todas as suas ações e decisões.

Conceitualmente, podemos admitir que, se uma empresa não tem uma Visão Estratégica definida, ou seja, não tem um futuro ideal a ser alcançado, nenhum esforço que ela faça tem sentido.

Por que as pessoas acordam cedo e vão trabalhar nessa organização? Por que se esforçam para fazer sempre o melhor? Por que perseguem metas e objetivos? Se não for para atingir uma Visão de Futuro amplamente conhecida, nada disso faz sentido.

Alguns autores fazem a analogia da Visão com o passaporte da organização. Ao ler suas informações, devo saber para onde ela está indo.

E esse futuro significa quanto tempo?

 

Existe uma maneira que podemos chamar de clássica para a definição da Visão de Futuro de uma organização, que é estabelecer essa visão de maneira utópica. Ou seja, a organização estabelece como futuro ideal uma realidade tão perfeita que sabidamente jamais será atingida.

Parace não fazer sentido, mas a adoção de um futuro utópico como Visão não deixa de cumprir seu papel. Se uma empresa, por exemplo, define como Visão ser a melhor do mundo em seu segmento, mesmo sabendo que isso é praticamente impossível, esse desejo já levará as pessoas a perseguirem um futuro melhor para a empresa.

Talvez ela nunca venha a ser a melhor do mundo, mas se essa é sua visão de futuro, as pessoas precisarão trabalhar como se estivessem contruindo a melhor empresa do mundo, e assim a Visão já terá cumprido sua finalidade.

Há também um modo moderno para a definição da Visão, muito mais pragmático que o modo clássico. Principalmente após a popularização do Balanced Scorecard (BSC), criado em 1992, é cada vez mais comum que as organizações marquem data e apotem o critérioa ser levado em conta para atingir sua Visão Estratégica.

 

Assim, ela não dirá genericamente que deseja ser a melhor empresa do mundo em seu setor. Ela dirá que sua Visão é algo como "ser a melhor empresa do mundo no segmento até o ano 2020, de acordo com o ranking da revista XYZ".

Definida desse modo e associada ao BSC, a Visão também cumprirá sua finalidade.  

Referências

COSTA, Elieser Arantes da. Gestão estratégica: da empresa que temos para a empresa que queremos. 2.ed. São Paulo: Saraiva, 2007.

CHIAVENATO, Idalberto. Administração de Empresas: uma abordagem gerencial. São Paulo: McGran Hill, 1982

LUPETTI, Marcélia. Administração em Publicidade. São Paulo: Thompson, 2006.


Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Faça seu comentário

Repita os caracteres no campo abaixo:




adobe agência de propaganda ambiente de marketing ambiente externo ambiente interno balanced scorecard bitmap branding bsc cibercultura ciência competitividade comportamento do consumidor composto de marketing comunicação concorrência custo demanda desejo diferenciação email marketing endomarketing erp estratégia facebook forças competitivas gestão do conhecimento gestão estratégica google html illustrator imagens digitais indesign inovação instagram inteligência coletiva inteligência de marketing internet jornalismo linkedin lucro macroambiente marca mark-up marketing marketing de conteúdo marketing digital metodologia michael porter microambiente missão motivação necessidade objetivos oceano azul pensamento estratégico pesquisa pesquisa qualitativa pesquisa quantitativa photoshop php pierre levy planejamento planejamento estratégico posicionamento preço produto programação promoção propaganda propagação viral publicidade redes sociais relações públicas relevância reputação sem seo sistemas de informação sites de busca twitter valor valores virtual visão youtube