infoNauta

Crawler Detect

Inscreva-se:

O que são Vendas de Desempate

Publicado em:
Por:

Categoria: Diário de Bordo
Comentários: 0

Conheça o método da venda por desempate

Sabemos que o mercado B2B (Business to Business) possui características bastante peculiares. Vender para outras empresas é bastante diferente de vender diretamente para o consumidor (B2C ou Business to Consummer).

Ao longo do tempo os setores B2B se acostumaram com dois métodos de vendas e acabam optando por um ou pelo outro quase que invariavelmente:

Método 1) Ofertas baseadas em preços e concessões

Os vendedores buscam oferercer à empresa compradora vantagens financeiras, com preços mais atrativos, destacando a oportunidade de controle dos custos ou de possibilidade de margens altas na revenda.

Método 2) Ofertas baseadas em valor

Os vendedores buscam destacar os diferenciais do seu produto, na esperança de que a empresa compradora se encante com ele e o entende como uma oportunidade de melhorar sua qualidade ou alcançar novos patamares.

Porém quase nunca esses são os critérios adotados pela empresa compradoa para decidir entre dois ou mais fornecedores possíveis para o mesmo produto. É muito mais comum que, após selecionarem os fornecedores viáveis, que sejam compravadamente capazes atender suas necessidades, as empresas compradoras busquem entre eles algum diferencial ou um "algo mais", que sirva como elemento "justificador" da escolha entre os fornecedores possíveis.

Nesse sentido os professores James C. Anderson, James A. Narus e Marc Wouters, da Universidade Haward, criaram um terceiro método, que consideram ser o mais adequado aos processos comumente adotados nas vendas Business to Business: a Venda de Desempate.

Por esse método, a empresa fornecedora deveria empenhar seus esforços não em fazer a melhor oferta em termos de preços ou em enunciar o maior número possível de diferenciais em seu produto, mas sim em conhecer a empresa compradora, entender seus motivos e descobrir qual argumento, qaui chamado de justificador, deve ser utilizado para ser escolhida entre os fornecedores possíveis. Esse justificadores são exclusivos para cada comprador e esse trabalho deve ser feito pelo vendedor com cada cliente.

A maioria dos fornecedores de produtos e serviços não estratégicos pensa que tem poucas opções além de vender recorrendo à tática de reduzir o preço ou empurrar características distintivas que, na verdade, não interessam aos clientes. Na grande maioria dos casos, esses fornecedores estão desperdiçando tempo e recursos. A adoção do justificador é uma alternativa atrante.

Confira no quadro abaixo uma comparação entre o método de venda de valor, com esse novo método da venda de desempate.

Venda de Valor x Venda de Desempate

 VENDA DE VALORVENDA DE DESEMPATE
OFERTA PRINCIPAL DO FORNECEDOR

Altamente diferenciada

O produto ou serviço tem características únicas que o cliente aprecia.

Não diferenciada

O cliente só quer que sejam cumpridas suas especificações básicas por um preço competitivo.

VISÃO QUE O CLIENTE TEM DA COMPRA

Estratégica

A compra contribui significativamente para tornar as ofertas do cliente diferenciada.

Não estratética

A compra não é crucial para tornar as ofertas do cliente diferenciadas.

DISPOSIÇÃO DO CLIENTE EM AVALIAR EXAUSTIVAMENTE O VALOR DA OFERTA

Alta

Baixa

FATOR DECISIVO PARA CONCRETIZAR A VENDA

Valor quantificado de oferta

Oferta vencedora proporciona um valor qualitativamente maior que as ofertas concorrentes, o que mais do que comprensa seu preço alto.

Um "Justificador"

O fornecedor oferece um extra que o ciente considere valioso sem precisar analisá-lo. O extra mostra a contribição do gerente de compras para o necógio.

OBJETIVO DO FORNECEDOR

Um preço significativamente superior

Acima de 5% em relação aos concorrentes.

Um preço levemente superior

De 3% a 5% maior em relação aos concorrentes.

Fonte: ANDERSON, James C.; NARUS, James A.; WOUTERS, Marc. Venda de Desempate. Harvard Business Review, São Paulo, V.92, N.3, p.70-77, março de 2014.


Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Faça seu comentário

Repita os caracteres no campo abaixo:



adobe agência de propaganda ambiente de marketing ambiente externo ambiente interno artigo científico balanced scorecard banco central bitmap bsc cabernet sauvignon cedilha comunicação digital cibercultura comportamento do consumidor composto de marketing concorrência cultura da internet custo demanda desejo diferenciação eleições email marketing endomarketing estratégia facebook forças competitivas gestão estratégica google html illustrator imagens digitais indesign inovação instagram inteligência coletiva internet jornalismo linkedin livrista lucro macroambiente marca mark-up marketing marketing de conteúdo marketing digital memes merlot michael porter microambiente moeda comemorativa motivação mídia mídia digital mídias digitais mídias sociais necessidade numismática objetivos olimpiadas 2016 orkut photoshop php pierre levy planejamento planejamento estratégico preço produto programação promoção propaganda propagação viral publicidade real redes sociais relações públicas relevância reputação rio 2016 sem seo sites de busca twitter valor vinho virtual walter longo youtube