infoNauta

Cedilha 2006: Castillo de Molina Reserva Cabernet Sauvignon

Publicado em: 14/8/2014
Atualizado em em: 22/08/2017

Por: Sergio Mari Jr.

Comentários: 0

Castillo de MolinaEm 2015 a Cedilha Comunicação Digital completa 10 anos de atividade. Para comemorar selecionei 10 vinhos, um para cada ano de atividade da empresa. Este é o segundo.

Depois de um primeiro ano trabalhando praticamente sozinho, 2006 foi um maravilhoso ano de consolidação. Ganhei dois sócios (meu irmão e um amigo) para esse negócio e as esperanças se renovaram.

O ano começou com muitas mudanças e muito trabalho. Encontramos um endereço comercial de verdade, uma sala linda, espaçosa e muito bem localizada, muito diferente do meu quarto. Refizemos o plano de negócio e redefinimos o planejamento estratégico da empresa, que deixou de ser exclusivamente uma fábrica de sites para se tornar uma agência de completa de Comunicação e Design. No mesmo esforço reformulamos sua missão, visão e valores...

Diante de tantas mudanças precisávamos de um novo nome, que representasse a nova identidade da empresa. Antes ela se chamava infoNauta, nome que na nossa opinião era muito banal. Essa acabou sendo uma das tarefas mais difíceis. A certa altura tínhamos tudo, menos o nome. Fizemos vários brainstorms e no final tínhamos uma lista com uma dúzia de possibilidades mas nenhuma delas saltava aos olhos.

Para decidir o nome, fiz então uma pesquisa de mercado. Elaborei um sistema que apresentava de um lado a lista de possíveis nomes e do outro lado um dos valores que escolhemos para a empresa. Coloquei esse sistema na internet e mandei para todo mundo que eu conhecia. O que eles tinham que fazer era dizer na opinião deles qual dos nomes da lista melhor representava aquele valor. O sistema ia armazenando as respostas e no final emitiu um relatório contendo quais os nomes foram mais escolhidos para cada valor.

Nesse relatório, destacou-se o nome Cedilha. Não sei bem porque coloquei esse nome na lista, mas no fim das contas (literalmente), ele era o que melhor representava a nova identidade da empresa. Não era americanizado, era moderno, diferente, descontraído... Serviu!

Com a mudança, financeiramente a empresa aumentou 12 vezes de tamanho e a quantidade de trabalho deve ter sido multiplicada por mil. Era o sinal de que muitos desafios vinham pela frente. Mas isso é assunto para outros vinhos.

Para esse ano de mudanças e principalmente de consolidação, tinha que escolher um vinho tradicional, mas ao mesmo tempo um pouco ousado. Sendo assim, a uva dificilmente seria outra que não a cabernet sauvignon. Deixei para comprar esse vinho muito tarde e foi bem difícil encontrar um 2006. Acabei encontrando um Castillo de Molina Reserva, Cabernet Sauvignon, do Cachapoal Valley, no Chile. Um vinho tradicional, porém não da região mais clássica do Chile (o Vale Central). Assim como o novo nome da empresa, serviu... Como uma luva.

Penso em saboreá-lo no futuro com um bom filet mignon na manteiga, talvez com champignon, bem temperado, acompanhado de uma massa a um sugo bem discreto.


Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Faça seu comentário

Repita os caracteres no campo abaixo:




adobe agência de propaganda ambiente de marketing ambiente externo ambiente interno artigo científico balanced scorecard banco central bitmap bsc cabernet sauvignon cedilha comunicação digital cibercultura ciência competitividade comportamento do consumidor composto de marketing concorrência cultura da internet custo demanda desejo diferenciação eleições email marketing endomarketing erp estratégia facebook forças competitivas futebol gestão do conhecimento gestão estratégica google html illustrator imagens digitais indesign inovação instagram inteligência coletiva inteligência de marketing interatividade internet jornalismo linkedin livrista lucro macroambiente marca mark-up marketing marketing de conteúdo marketing digital meme memes merlot metodologia michael porter microambiente moeda comemorativa motivação mídia mídia digital mídias digitais mídias sociais necessidade numismática objetivos olimpiadas 2016 orkut pesquisa pesquisa qualitativa pesquisa quantitativa photoshop php pierre levy planejamento planejamento estratégico preço produto programação promoção propaganda propagação viral publicidade real redes sociais relações públicas relevância reputação rio 2016 sem seo sistemas de informação sites de busca twitter valor vinho virtual walter longo web youtube