infoNauta

Crawler Detect

Inscreva-se:

Conceitos Fundamentais em Administração Estratégica

Publicado em:
Por:

Comentários: 0

O objetivo desta aula é discutir alguns conceitos que fundamentais para a compreensão do papel dos gestores nas empresa, bem como para identificar quem tem como função a criação das estratégias e quem tem a função de executá-las nas organizações.

O que é Administração

Os termos administração e gestão, embora em alguns contextos possam ter significados diferentes, são utilizados aqui como sinônimos. Isso porque a Administração de uma organização ou a Gestão da sua estratégia são basicamente a mesma coisa.

Administrar uma organização ou gerenciar sua estratégia é uma atividade desempenhada a partir de quatro funções fundamentais:

A administração trata do planejamento, da organização (estruturação), da direção e do controle de todas as atividades diferenciadas pela divisão de trabalho que ocorram dentro de uma organização. Assim, a administração é imprescindível para existência, sobrevivência e sucesso das organizações. Sem a administração, as organizações jamais teriam condições de existir e de crescer. (CHIAVENATO, 2003, p.2)

Veja no que consiste a atividade do administrador ou gestor da estratégia em cada uma dessas funções:

Planejamento: consiste em pensar o futuro da empresa. Onde e como eu gostaria que a empresa estivesse amanhã? Sempre que um administrador se preocupa com o futuro e não apenas com o presente, ele está planejando. Porém, é necessário realizar essa atividade de modo objetivo e concreto, transformando as ideias em planos, programas e projetos.

Organização: consiste em conseguir e organizar os recursos necessários para que a empresa cumpra seu planejamento. Sabendo onde gostaria que a empresa esteja no futuro, o administrador deve providenciar os recursos Humanos, Financeiros e Materiais para chegar lá.

Direção: é a tarefa do dia-a-dia do administrador. Sabendo dos objetivos e tendo providenciado os recursos, ele deve cuidar o tempo todo para que as pessoas sigam o caminho planejado da melhor maneira.

Controle: o caminho para atingir os objetivos planejados pode ser longo. Durante o percurso o administrador deve ter ferramentas para controlar ou monitorar os resultados para saber o quanto se está perto ou distante do futuro desejado. Para exercer essa função ele utiliza ferramentas como relatórios, gráficos e planilhas.

Níveis de gestão

Dentro de uma organização essas funções são desempenhadas em três níveis: Estratégico (ou institucional); Tático (ou gererencial) e Operacional (ou técnico). Cada nível demanda uma postura e uma gestão diferentes. Em organizações menores é comum estes três níveis se confundirem mas não significa que não existam. Nestes casos eles apenas são compartilhados por um mesmo gestor.

Níveis de Administração

A atividade dos indivíduos que atuam no nível operacional (base da pirâmide) estão diretamente relacionadas à atividade-fim da empresa. Nesse nível, em geral, a preocupação é com a execução da estratégia que foi desenhada pelos níveis superiores, buscando a conquista das metas e objetivos que foram traçadas.

O nível estratégico (topo da pirâmide), é onde a estratégia da organização é formulada. Ele é composto pelos principais gestores da organização e suas decisões devem refletir os interesses de quem detém o poder econômico da organização (seus proprietários, sócios, acionistas...).

Entre esses dois níveis extremos existe o nível gerencial ou intermediário, que tem duas funções complementares: 1) assimilar as decisões estratégicas tomadas pelo nível estratégico e trasformá-las em um conjunto de objetivos e metas exiquíveis e mensuráveis para o nível operacional. 2) identificar as demandas plausíveis do nível operacional e transformá-las em reinvidicações junto ao nível estratético.

Habilidades do gestor

Para cada um dos três níveis da administração de uma organiazação são exibidas habilidades diferentes de seu gestor. Podemos dizer que há três conjuntos de habilidades fundamentais que os gestores devem dominar: Habilidades Técnicas, Habilidades Humanas e Habilidades Conceituais.

As Habilidades Técnicas são necessárias principalmente no Nível Operacional. Elas consistem basicamente no "saber fazer" ou na "competência para executar" as operações mais diretamente relacionadas à produção do produto ou serviço oferecido pela organização. Porém os supervidores e outros gestores do nível operacional também devem possuir, em menor escala, as habilidades humanas e conceituais.

As Habilidade Humanas são fundamentais no Nível Tático, onde os gerentes atuam como intermediário entre o nível estratégico e o nível operacional. Elas consistem em saber lidar com as pessoas, suas motivações, seus anceios e suas dificuldes, gerenciando-as para que tenham sempre o melhor desempenho em benecífio da estratégia da organização. Também é importante que os gerentes tenham um pouco de domínio das habilidades técnicas conceituais.

As Habilidades Conceituais são exigidas no Nível Estratégico. Os gestores que atuam na mais alta direção da organização devem ser capazes de lidar com conceitos abstratos e compreender as interelações entre variáveis complexas, bem como entender o significado de indicadores econômicos e sinais fornecidos pelo ambiente de atuação da organização. É importante ainda que os diretores tenham certo domínio das habilidades humanas e, em menor escala, das habilidades técnicas.

Habilidades do gestor

Resumo

O quadro abaixo apresenta um resumo das características de cada nível da administação de uma organização.

Nível:

Institucional ou Estratégico

Intermediário ou Gerencial

Técnico ou Operacional

Característica

Pensamento

Estratégico

Tático/Gerencial

Operacional

Tempo

Longo Prazo

Médio Prazo

Curto Prazo

Amplitude

A empresa como um todo

Unidade da empresa

Cada tarefa de uma unidade

Principal habilidade requerida do gestor

Conceitual

Humana

Técnica

Referências

CHIAVENATO, Idalberto. Introdução à Teoria Geral da Administração. 7.ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2003.


Comentários

Seja o primeiro a comentar!

Faça seu comentário

Repita os caracteres no campo abaixo:



adobe agência de propaganda ambiente de marketing ambiente externo ambiente interno artigo científico balanced scorecard banco central bitmap bsc cabernet sauvignon cedilha comunicação digital cibercultura comportamento do consumidor composto de marketing concorrência cultura da internet custo demanda desejo diferenciação eleições email marketing endomarketing estratégia facebook forças competitivas gestão estratégica google html illustrator imagens digitais indesign inovação instagram inteligência coletiva internet jornalismo linkedin livrista lucro macroambiente marca mark-up marketing marketing de conteúdo marketing digital memes merlot michael porter microambiente moeda comemorativa motivação mídia mídia digital mídias digitais mídias sociais necessidade numismática objetivos olimpiadas 2016 orkut photoshop php pierre levy planejamento planejamento estratégico preço produto programação promoção propaganda propagação viral publicidade real redes sociais relações públicas relevância reputação rio 2016 sem seo sites de busca twitter valor vinho virtual walter longo youtube